Psicóloga Sílvia Regina Simões

Psicóloga em Jundiaí – Psicoterapia clínica infantil, adulto e terapeuta de casal


Deixe um comentário

5 ensinamentos de mãe que nos tornaram pessoas melhores

Desagradar é educar. Essa máxima parece dura e difícil e pais concordam que é desgastante. Mas os ensinamentos abaixo mostram a importância desse empenho para nossa vida adulta:

1 – Dar valor aos outros
Quando sua mãe lhe corrigiu ao interromper a conversa dela, quando fez você limpar sua própria sujeira, quando não sacrificou uma recompensa própria para lhe fazer um mimo, ela mostrou que tinha tanta importância quanto você. Mães que frequentemente se colocam em segundo plano em relação aos desejos dos filhos ensinam a eles que suas necessidades e vontades valem mais do que as dos demais e os filhos reproduzem isso na vida adulta.

indice-global-de-desigualdade-de-genero-diz-que-equiparacao-entre-generos-so-deve-ocorrer-em-2133-1447945458164_615x300

 

2 – Fazer as coisas na hora certa
Lavar o copo logo depois de usá-lo, arrumar a cama pela manhã, enxugar o banheiro depois do banho, recolher, dobrar e guardar suas roupas íntimas, limpar a sujeira que fez no chão. Quanto mais próximo do evento é a consequência dele, mais fácil fica de realizá-la. Aprendemos que toda ação possui um efeito e qual é o efeito para cada ação. É muito mais irritante lavar uma pia de louça suja do café da manhã depois de um dia longo de trabalho, do que logo depois de se deliciar com a refeição. O evento prazeroso que gerou a louça, ainda reflete sobre nós quando enfrentamos seu efeito desagradável logo em seguida.

5-formas-de-organizar-sua-rotina-de-trabalho

 

3 – Ter autocrítica
Aqueles apontamentos para o impacto das suas ações sobre os outros foram muito importantes para que você conseguisse ter senso crítico e se habituasse a olhar para si mesmo e se perguntar: Será que devo? Será que isso é bom? O que ganho e perco com isso? Prejudica alguém? Isso evita a necessidade de outras pessoas lhe apontarem falhas ou inadequação ou que você perca boas oportunidades por não saber julgar o impacto que efetiva sobre os outros.

1-autocritica

 

4 – Cumprir seus deveres
Os deveres são o porto seguro sobre o qual podemos nos manter em tempos de crise ou não. Saber quais são e estar bem adaptado a eles garante economia de recursos e energia para lidar com verdadeiros imprevistos e evita muitos problemas futuros. Se são deveres, ao serem negligenciados, fatalmente trarão problemas.
Se refere basicamente às tarefas do item 2.

lavar_louca_relaxa

 

5 – Ter paciência
Paciência é uma habilidade de valor inestimável. A paciência garante que você não atropele variáveis incontroláveis envolvidas no seu dia a dia, inviabilizando as controláveis, tornando seu cotidiano uma sucessão de situações que você não escolheu.
Sua mãe lhe ensinou isso ao dizer que só compraria o brinquedo no seu aniversário, ao fazer você esperar o momento certo do dia para tal atividade, ao fazê-lo aguardar o programa preferido do pai para ver seu desenho, entre outras situações.

250814

***

E você? Se identificou com as lições? Já havia refletido sobre a importância de tais comportamentos da sua mãe na infância?

Forte abraço*

Anúncios


Deixe um comentário

Feliz dia da mulher (que luta)!

Hoje é um dia especial para lembrarmos daquelas que deram suas vidas por igualdade e respeito às mulheres nas fábricas de tecido há mais de um século e meio! Foi o marco inicial de uma luta que está longe de chegar ao fim, mas que constitui vitória em cada migalha de respeito e direitos defendidos e vivenciados por cada mulher do mundo.

12821405_1115682451786478_8946541510391235161_n

Que estejamos atentas a toda forma de desrespeito, muitas vezes naturalizada como elogio, como sensualidade, como oportunidade, como particularidade.

Acompanhe a evolução da legislação brasileira sobre o direito da mulher. A mudança é lenta, mas real. E ainda há muito o que ser feito:

12803057_1291271424222043_7779393912215138470_n.png

Avante na batalha e parabéns a todas as mulheres que enfrentam os desafios do dia a dia com extrema dignidade.

Um forte abraço*