Psicóloga Sílvia Regina Simões

Psicóloga em Jundiaí – Psicoterapia clínica infantil, adulto e terapeuta de casal


Deixe um comentário

Palestra Pomodoro – Público participativo enriquece evento

Uma grande e enriquecedora troca, assim pode ser definida a palestra sobre Administração de Tempo e Foco com a Técnica Pomodoro, realizada pelas psicólogas Sílvia Regina Simões e Raquel Araujo, dia 2 de junho, na biblioteca Municipal Nelson Foot.

O público interessado e expressivo tornou a palestra um grande intercâmbio de experiência e conhecimento. Temas como rotina, reforçamento diferencial, estresse, ansiedade, motivação e autocontrole foram abordados, além da instrumentalização dos presentes para aplicação da técnica Pomodoro.

Veja as fotos do evento:

Este slideshow necessita de JavaScript.

A palestra é uma promoção do projeto Psicologia no Cotidiano, parceria entre Biblioteca Municipal e Interanálise Clínica.

 

Anúncios


Deixe um comentário

Falta de vontade – por que sinto isso e como lidar?

desanimada

Apesar das quase infinitas possibilidades de problemas de comportamento apresentados pelas pessoas, uma queixa é praticamente unânime entre as que procuram psicoterapia: falta de vontade, no sentido de desânimo – de sair, de trabalhar, de conversar, de comer, de estudar, de fazer sexo, de sair da cama.

A “falta de vontade” é extremamente limitante e está envolvida com a supressão de comportamentos relevantes no cotidiano da pessoa. Alguém sofre uma diminuição da frequência de certos comportamentos que antes lhe davam prazer pela redução do mesmo ou até mesmo por ser punido em situações em que antes era recompensado.

Pense no seguinte: Você está envolvido em várias atividades todos os dias. De repente, o trânsito no caminho de sempre fica complicado (punição) por causa de uma obra (variável incontrolável), você começa a se atrasar e não dá tempo de tomar aquele café gostoso antes de começar a trabalhar (punição). A frequência com que o telefone toca aumenta (variável incontrolável), pois seu colega que o atendia está de férias (variável incontrolável) e suas tarefas rendem menos (punição).

São várias punições em um pequeno recorte de uma manhã de trabalho!

Preguiça-cansaço-e-desânimo-300x223

A combinação de variáveis incontroláveis (que geralmente você nem parou para analisar e saber que 1º são variáveis determinantes na punição e 2º pensar que são incontroláveis), mais punição decorrente delas é uma poderosa arma anti vontade.

A situação do exemplo pode gerar a falta de vontade de trabalhar ao acordar pela manhã. E aí você não compreende o porquê e vai parando de fazer coisas que traziam satisfação junto das coisas que traziam punição, intensificando essa sensação, aumentando a frequência e abrangência do comportamento “negativo” – remoção de algo que você fazia antes.

animo-michelangelus

Na psicoterapia, são feitas as análises das relações funcionais que resultam nessa queixa de “falta de vontade”. Reconhecemos as variáveis envolvidas, buscamos alterar as controláveis e buscar alternativas de conduta diante das não controláveis. E, ao se deparar com a consequência das novas relações estabelecidas, a “vontade” volta!

Uma professora minha, a psicóloga Emileane Oliveira, sempre diz “É preciso emitir uma resposta antes, para receber o reforço depois”. Primeiro nos comportamos e depois recebemos as consequências, de preferência recompensadoras, frente ao nosso investimento! Mas também, antes de uma punição, sempre há uma ação ou omissão nossa. Fique de olho!

IMPORTANTE: A falta de vontade em nossa rotina pode ser um sintoma importante relacionado a várias psicopatologias. Caso esteja sofrendo prejuízos decorrentes desse sentimento, procure ajuda profissional com um psicólogo e um psiquiatra.

Um forte abraço*

 

 

 

 


Deixe um comentário

Altruísmo supera felicidade e melhora a saúde física

altruismo

Uma pesquisa publicada pela revista Superinteressante é o motivo de mais essa publicação sobre a importância do altruísmo para o bem estar pessoal.

Segundo a reportagem, cientistas entrevistaram voluntários e analisaram através de ressonância magnética os efeitos da felicidade, do estresse e do altruísmo sobre o corpo.

Tal como as observações clínicas, demais pesquisas sob a mesma temática e vivência, o experimento confirmou as pessoas mais satisfeitas com a própria vida e felizes eram aquelas que praticavam altruísmo.

É interessante notar que o efeito da felicidade sobre o corpo não impede processos inflamatórios típicos do estresse. No entanto, o altruísmo, ou seja, comportamentos que se agrupam sob esse nome, esses sim mudam o funcionamento do nosso organismo de tal forma que as inflamações sejam evitadas e nosso sistema imunológico se fortaleça.

Confira a matéria na íntegra no link que segue: SUPERINTERESSANTE: ALTRUÍSMO, ESTRESSE E FELICIDADE.

psicologa silvia regina simoes jundiai convênios casal individual adultos e crianças

DICA DA PSICÓLOGA

“Altruísmo é completamente diferente de subserviência, de abandonar a si mesmo e colocar as necessidades do outro na frente das suas. Só um indivíduo capaz de prover bem estar e soluções para si mesmo poderá praticar verdadeiramente o altruísmo. Aqui, vale a máxima de que só podemos oferecer aos outros aquilo que temos”.

Forte abraço*

 


Deixe um comentário

Como combater o cansaço e a falta de ânimo

cansaço3

Será que é você o principal responsável pela falta de ânimo e cansaço que batem quase todos os dias da semana? O jeito de acordar, as pessoas com quem convive e tipo de comida que você come podem ser vilões do seu bem estar!

Veja a lista de condições que contribuem para o cansaço e a falta de ânimo:

1. Você não está acordando cedo o suficiente
2. Você pode estar cercado por pessoas tóxicas
3. Você pode estar com deficiência de magnésio
4. Você odeia o seu trabalho
5. Você não está se exercitando
6. Você não está tomando sol o suficiente
7. Você é um “poço” de estresse
8. Você possui alguma desordem de auto-imunidade
9. Seu quarto é um caso de calamidade pública!
10. Você come muita comida processada (industrializada)

Leia o artigo completo no site Tudo Interessante.

E não se esqueça que se está tentando lutar contra o cansaço, o stress e a falta de motivação e não está obtendo êxito sozinho, é hora de buscar ajuda de um psicólogo.

Forte abraço*


Deixe um comentário

31 atividades para se divertir sem gastar dinheiro

Estar em um período de economia ou falta de dinheiro não são motivos para ficar trancado em casa, dormindo ou vendo TV o dia todo, NÃO! Quanto maior a variabilidade de atividades que tragam contentamento, melhor. Se forem experiências relevantes, que trazem bem estar e não picos de excitação, aí o ganho é ainda maior! E, acredite, muitas vezes o dinheiro não compra esse tipo de experiência!

LEIA AQUI: Dinheiro x Felicidade

O site The Secret postou uma lista com 31 coisas que podem ser feitas sem gastar dinheiro. Reproduzo a lista adaptada aqui, com comentários meus também, como sugestão para você preencher seus dias, especialmente os finais de semana, de experiências relevantes que vão aliviar seu estresse e dar uma boa base de auto contentamento para enfrentar o dia a dia.

Vamos lá!

31 atividades para se divertir sem gastar dinheiro

plantando

1. Plantar algumas flores em seu jardim
A atividade requer pesquisa, envolve seus sentidos, vai exigir dedicação por um longo tempo e o resultado de cultivar utra vida e embelezar o ambiente em que você vive é extremamente recompensador.

2. Usar vídeos do YouTube para karaokê
Quem canta seus males espanta! Cantar envolve amplamente seu cérebro, é uma atividade artística muito relevante para causar bem estar, seja sozinho ou acompanhado.

3. Fazer uma maratona de filmes com amigos íntimos
Ou séries. Pode ser presencial ou à distância. Estar em uma atividade comum com os amigos dá a você a oportunidade de se distrair, se divertir e debater ao mesmo tempo.

10-dicas-para-decorar-seu-quarto-gastando-pouco-mudar-os-móveis

4. Reorganizar seus móveis
Tire o foco das problemáticas usuais e busque novos formatos de quartos, salas, cozinhas! Crie novos espaços, experimente novas iluminações e deixe sua casa respirar de um jeito novo!

5. Tirar uma foto todos os dias durante um ano
O resultado final vai te surpreender e inspirar muita gente!

6. Tirar uma soneca na rede ou no tapete perto de uma entrada de sol
Não, isso não foi feito apenas para gatos e crianças! Você vai se sentir revigorado quando acordar.

7. Visitar um museu num dia livre
Considere verificar museus que normalmente nunca visitaria.

falta-de-agua-o-que-fazer-para-economizar-em-casa-7-6-907

8. Lavar seu carro em casa
Com balde, esponja, short jeans – o time completo.

9. Doar cabelo para pacientes com câncer
Se você estiver pronto para cortar pelo menos 10 dedos, considere doá-lo à crianças com câncer! Não há nada mais recompensador do que saber que ajudou alguém que não poderá retribuir sua boa ação – que fará toda a diferença na vida do outro!

chocolate-leitura-filme

10. Terminar um livro em uma única sentada
Quando foi a última vez que você fez isso? No quinto ano? Faça isso de novo! Escolha um daqueles livros fininhos, mas interessantes e dê a largada!

11. Se livrar da desordem
Você vai se sentir muito melhor e poderá descobrir alguns tesouros que vai querer começar a usar novamente. Ou vai descobrir que pode ajudar muita gente doando coisas em bom estado que não usará mais.

12. Faça um passeio de bicicleta
É gratuito, é um bom exercício, e é uma ótima maneira de explorar a sua cidade.

Pintar-unhas

13. Pintar suas unhas
Faça algo bobo e colorido ou adicione alguma arte, se estiver se sentindo criativo.

14. Prepare um pacote de cuidado para os desabrigados
Na próxima vez que você estiver em uma rua e alguém pedir-lhe por comida, você terá algo para lhes dar.

15. Olhar para as estrelas
Você pode encontrar Lyra? Ou Sagitário? Tente encontrá-las em seu próprio país, sem pesquisá-las no Google.

Aprender-a-cozinhar-Uma-das-chaves-para-melhorar-a-nossa-alimentação

16. Cozinhar
É tão gratificante! Explore uma nova receita e chame os amigos ou a família para experimentar e comentar sobre suas habilidades depois!

17. Visitar uma praia ou uma cachoeira local
Qualquer coisa – leitura, comer, descansar – é mais divertido se você fizer ao lado de uma praia ou cachoeira. Se você não morar no litoral ou nunca ouviu falar em cachoeiras na região, vá para o melhor parque que conhece.

cachoeira_das_andorinhas_minasgerais_mmm-8

18. Praticar ioga
Não sabe como? Pesquise no YouTube por aulas ou sequências gratuitas ou procure um livro que ajude. Vai te ajudar a relaxar com resultados prolongados. Além disso, ajuda a manter o foco no aqui e agora, fundamental para reduzir a ansiedade e ficar em equilíbrio consigo mesmo!

19. Fazer uma corrida ao redor do bairro
Explore uma rua pela qual nunca passou. Examine tudo, desde as cores e paisagem.

20. Fazer um passeio
Seus avós fazem isso sempre? É uma ótima maneira de passar uma tarde de domingo! Vá explorar uma pequena cidade ou bairro que não conhece bem.

acampar

21. Acampar em seu quintal
Com barraca, sacos de dormir, lanterna, a coisa toda.

22. Levar o seu animal de estimação para uma caminhada
E só desta vez, deixe-o farejar tudo que quiser durante o tempo que quiser.

23. Tomar um banho demorado com pétalas de rosa ou sais de banho, com uma boa dose de hidratante depois!
Você vai se sentir como uma Cleópatra, e sua pele vai agradecer.

lugares-para-piquenique-em-bh-imagem-destaque

24. Fazer um piquenique usando o que já tem na geladeira
Esqueça a viagem ao mercado para comprar vinho e queijo. E se você fizesse um piquenique de cenouras, salada e macarrão? É muito divertido!

25. Fazer uma lista de suas receitas favoritas e enviá-las para amigos ou família
Eu aposto que sua irmã adoraria a receita de biscoitos da avó ou as batatas assadas ​​da mãe.

100513_como-organizar-suas-fotos-antigas_album-fotografia

26. Rever e organizar fotos antigas
Cada vez que olhar para elas, terá algo diferente ou prazeroso para lembrar.

27. Visitar família ou amigos
Você tem um primo que vive em sua cidade, mas nunca se veem? Convide-o para um jantar social.

chuva

28. Dançar na chuva
Pontos extras se você fizer isso onde seus vizinhos possam vê-lo

29. Criar um novo sabor de sorvete, combinando todos os sabores que tem em seu freezer
E adicione os melhores ingredientes de seu armário: amendoim! fruta seca!

meditacao_11

30. Usar aplicativos de meditação gratuitos
Eles vão fazer você se sentir muito mais calmo e centrado.

31. Faça uma playlist para seus amigos
Sobre o tema “Nossos Tempos de Escola” ou “Músicas Que Você é Demasiado Tímido Para Admitir que Gosta.”
Olhe para quanta diversão você terá! E quase não deixará cair uma moeda de dez centavos! Use o dinheiro que você poupou para investir em algo que fica mais perto de seus objetivos e da vida que deseja.

___
Adaptado da tradução da equipe de O Segredo
Fonte: Mind Body Green


Deixe um comentário

23 de setembro – Dia de combate ao estresse

Leia o que já foi publicado sobre estresse AQUIdiadocombateaoestress


Deixe um comentário

Estresse mata – cuide-se já!

infarto sus

Você sabia que o estresse é um dos quatro principais fatores de risco da causa número 1 de mortes no Brasil, o infarto? Pois se você apresenta ao menos seis sintomas dos listados a seguir, o sinal vermelho já está ligado e é hora de procurar um psicólogo.

01 – tremores ou sensação de fraqueza
02 – tensão ou dor muscular
03 – inquietação
04 – fadiga fácil
05 – falta de ar ou sensação de fôlego curto
06 – palpitações
07 – sudorese, mãos frias e úmidas
08 – boca seca
09 – vertigens e tonturas
10 – náuseas e diarréia
11 – rubor ou calafrios
12 – polaciuria
13 – bolo na garganta
14 – impaciência
15 – resposta exagerada à surpresa
16 – pouca concentração ou memória prejudicada
17 – dificuldade em conciliar e manter o sono
18 – irritabilidade

O tratamento em psicoterapia envolve mudança de comportamento frente às situações que desencadeiam os sintomas do estresse e aquisição de repertório de enfrentamento para tais.

Cuide-se bem! Alimente-se com moderação e consciência, evite os vícios, movimente-se e lide com o estresse com todo o cuidado e atenção que sua saúde merece!

Abraço*