Psicóloga Sílvia Regina Simões

Psicóloga em Jundiaí – Psicoterapia clínica infantil, adulto e terapeuta de casal

No blog MEU CÉREBRO (que eu adoro!) tem mais 5 dicas!

E bons sonhos!

Anúncios


1 comentário

Procrastinação – estágios, causas e combate

Procrastinação é um comportamento que traz muita insatisfação para quem o pratica. Vai-se do adiamento ao desespero com muita intensidade e, no meio do caminho, perde-se tempo precioso, energia e por vezes até dinheiro – sem falar na saúde. Mas que condições tornam a procrastinação tão frequente e como combatê-la?

74904_303362023118008_1413180759_n

Em geral, pode-se destacar 5 fases da procrastinação, como na tirinha acima:

  1. Falsa segurança: Você não analisa corretamente as variáveis envolvidas na tarefa e superestima sua capacidade de atender às demandas ou simplesmente foi reforçado no passado ao deixar pra última hora e dar conta;
  2. Preguiça: “Se um corpo está em repouso ele irá permanecer neste estado até que uma força externa seja aplicada neste corpo”, essa lei de Newton se aplica perfeitamente à preguiça. E como explicarei abaixo, nem sempre há uma força externa (do ambiente) a ser aplicada sobre nós para que deixemos a inércia;
  3. Desculpas: Tentamos nos enganar, usando de subterfúgios para fundamentar nossa inércia diante da necessidade cada vez mais urgente;
  4. Negação: Começamos a nos sacrificar, negando a crescente impossibilidade de realizar a atividade com certa dignidade;
  5. Desespero: O estresse se instala e nos exaurimos para realizar a tarefa procrastinada.

 

PORQUE ACONTECE

A condição necessária para a realização de uma tarefa pode estar ausente, outras tarefas mais prazerosas podem competir com a que está sendo procrastinada, o custo de resposta para efetivar a atividade pode ser alto, ou seja, levará muito tempo, energia, dinheiro, exige envolver outras pessoas.

104777-200

As pessoas só costumam se levantam para realizar a tarefa quando o ponteiro do relógio lhes empurra. Essa seria a força externa aplicada sobre a inércia. Mas você pode decidir pela sua consciência, deliberadamente, iniciar a tarefa e criar as condições ideiais para realizá-la.

COMBATENDO A PROCRASTINAÇÃO

Incentive-se a envolver-se com a ação inicialmente por 5 minutos. Você não vai deixar de ver TV, dormir, namorar ou qualquer outra atividade por um longo tempo. São só 5 minutos! A probabilidade de você se engajar na tarefa e continuá-la por mais tempo é grande. Mas se não conseguir prosseguir…

Divida a tarefa em pequenos bloquinhos; valorize a realização de cada um deles. Valem mais 5 minutos várias vezes bem antes do prazo do que uma noite inteira em claro, com baixa qualidade de trabalho e estresse prejudicando sua saúde e desempenho!

77520-deixa-preguica-de-estudar-pra-la-com-diapo-4

E lute para eliminar a procrastinação do seu dia a dia!

Boa sorte e um forte abraço!

 


Deixe um comentário

Feliz ano novo! 5 dicas para viver melhor em 2017

FELIZ ANO NOVO!

05382732000
O que a virada calendário civil muda na sua vida? Trata-se de uma oportunidade de rever hábitos e resultados em desajuste e recomeçar as coisas em sua vida também.

E como meu papel é ajudar você a ter uma vida mais satisfatória e plena, vou deixar algumas dicas para viver melhor em 2017, do ponto de vista da psicologia:

dicas24-0415 DICAS PARA VIVER MELHOR EM 2017

  1. Experimente diariamente interações sociais de qualidade: esteja em contato o mais direto possível com pessoas que você gosta;
  2. Agradeça pelas pequenas coisas que lhe fazem bem e/ou elogie alguém: pare e pense ao menos 3x/dia (manhã, tarde e noite) nas coisas em sua vida pelas quais você é grato ou busque algo a que elogiar em alguém – são formas de tirar o foco natural do seu cérebro sobre que lhe ameaça ou descontenta para manter-se positivo;
  3. Enfrente e transforme os sentimentos ruins: encare raiva, nervosismo, irritação, decepção, como sinais da necessidade de mudança; identifique a situação vivida que os gerou e tome outra atitude diante dela;
  4. Respire profundamente: Ao fazer isso, você controla a região do seu cérebro que lhe mantém em estado de tensão e preparado para a ação mediante uma ameaça iminente, situação que comumente leva ao estresse.
  5. Durma bem, faça uma pausa, evite alimentos ultraprocessados: não estou falando de uma dieta ou mudança radical. Apenas vá se deitar mais cedo, evite luzes de eletrônicos, tome uma bebida morna; organize-se para fazer uma pausa de hora em hora e tomar um copo de água fresca e evite ficar letárgico durante o dia consumindo gorduras e açúcares em excesso.

E lembre-se:

11336015_833175810131031_1837077147_n

É seu direito irrevogável ser respeitado em seus sentimentos, pensamentos e necessidades e ser tratado com dignidade. O mesmo vale para o outro.

sports-guru-icon

Se você cansar, descanse primeiro e só depois decida por desistir ou não.

uma-gota-no-meu-oceano-pedro-duarte

Uma situação é apenas um momento ruim. A vida é um oceano formado por infinitas gotas de situações, sejam elas boas ou ruins. Diante de um oceano inteiro, uma gota não define nada.

Um excelente ano a todos!


Deixe um comentário

DICA DA PSICÓLOGA – Detox emocional em 4 passos

Sabe aqueles sucos que fazem misturas inusitadas de vegetais e frutas, com a promessa de eliminar inchaço e toxinas que incomodam nosso corpo? São as bebidas detox. Com a mesma proposta, mas para eliminar “lixo emocional” e “toxinas” que roubam nossa felicidade e nossa capacidade de atuar de forma mais adaptativa sobre o mundo, seguem algumas dicas:

meditacao-analitica-vipassana-blog-sobre-budismo1º passo: MEDITE
Você não sabe meditar? Basta respirar profundamente, por exemplo, em 7 segundos inspirar, segurar 5 e soltar durante 8 segundos algumas vezes, pensando no processo de entrada do ar, de repouso do ar, de liberação do ar. Depois você pode fazer esse relaxamento muscular AQUI. A sabedoria oriental diz que “a respiração conecta você e seus pensamentos”. Não que os pensamentos sejam algo externo a nós. Mas muitas vezes nos sentimos incapazes de controlar o fluxo deles. Ao concentrar-se na sua respiração e relaxar seu corpo, é possível restabelecer o equilíbrio.

shutterstock_3436517842º passo: AVALIE
O que lhe incomoda na situação que não sai da sua cabeça? Qual é o seu poder de mudar a situação? Esteja ciente do que está sob seu controle e do que não está. Coisas que dependem da boa vontade de terceiros não estão. Aquilo que depende do seu tempo e do espaço que você tem certa autonomia está ao seu alcance. Coisas que acontecem, você fazendo algo a respeito ou não, não estão.

planoo3º passo: PLANEJE-SE
As coisas que você pode movimentar e gerar mudanças favoráveis, você já está atuando sobre elas? Pegue o resultado, planeje-se considerando (1) o que fazer, (2) em qual momento no tempo, (3) em que circunstâncias ambientais e (4) as possíveis consequências da sua ação. E então saia do pensamento agonizante e realize!

pare

4º passo: SELECIONE E ELIMINE
Pense num corpo que está lidando com uma grande infecção. É necessário repouso, uso de medicamentos que trazem, com os benefícios, seus efeitos colaterais. A capacidade desse corpo realizar atividades fica diminuída, a vida fica em stand by até a completa recuperação. As pessoas que mentem, desrespeitam, desvalorizam e usam são como infecções na sua vida emocional, contra as quais você frequentemente vai ter que parar sua vida para lutar contra. Inicialmente pode parecer que há algo especial a ser mantido entre vocês. Mas sempre fica a sensação horrível de que há uma vazio irremediável em você. Elimine:
Pessoas que mentem para você;
Pessoas que não respeitam você;
Pessoas que te usam;
Pessoas que desvalorizam você.

fb_img_1476825423984

______________________________________________

psicologia online com silvia regina simoes terapeuta em jundiaiDÚVIDAS? ACESSE “PSICOLOGIA ONLINE”
Esclareça pequenas dúvidas ou curiosidades sobre comportamento humano. Pergunte AQUI e a psicóloga Silvia Regina Simões responde!
 
 


1 comentário

AUTOCONFIANÇA – Opinião dos outros e seu verdadeiro valor

confianca

Pessoas pouco autoconfiantes se sentem humilhadas, inferiorizadas, por atitudes e opiniões alheias que nem precisam ser direcionadas a elas. Evitam atividades em que seu possível fracasso superestimado possa ficar evidente. Parecem arredias, desanimadas, têm poucos relacionamentos e cuidam mal de si mesmas.

A falta de autoconfiança pode gerar muitos prejuízos a vida de alguém, não é?

A opinião dos outros é um predador natural da pessoa com baixa autoconfiança. O que outras pessoas pensam a seu respeito por muitas vezes lhe quebra. Mesmo que os outros pensem bem dela! Há os extremos “Ele tem razão, eu não consigo” e “Ele não sabe quem realmente sou, tem uma visão positiva demais de mim”.

COMO SE DESENVOLVE A AUTOCONFIANÇA NAS PESSOAS

A partir de situações vividas na infância e na adolescência, quando estamos em pleno desenvolvimento, aprendemos sobre como lidar com o mundo e quanto valemos. É necessário que os pais controlem as circunstâncias as quais somos expostos, para aprendermos a ter autoconfiança.

autoconfiança

A autoconfiança em adultos, em geral, necessita de acompanhamento psicológico para ser desenvolvida, uma vez que o adulto já é autônomo o bastante para controlar boa parte das variáveis envolvidas no seu dia a dia, mas não sabe como lidar com elas para tirar proveito no sentido de melhorar sua confiança.

Veja algumas situações vividas que podem contribuir ou prejudicar o desenvolvimento da autoconfiança em crianças e adolescentes:

  • PREJUDICA – Comparações da criança com outras crianças. Cada indivíduo é único e desenvolve uma maneira específica de lidar com as coisas e obtém seus resultados com isso.
    COMO REVERTER: O foco deve ser nos recursos que a criança tem e a melhora em relação a si mesma, sempre.
  • CONTRIBUI – Dar responsabilidades compatíveis com a idade da criança/adolescente, dar um modelo de como proceder, estabelecer o resultado esperado. Ao receber uma responsabilidade e conseguir chegar ao resultado claro esperado, a criança passa a confiar na sua capacidade de “dar conta” das coisas.

0,,69802608,00.jpg

  • PREJUDICA – Fazer pela criança/adolescente o que ele já é capaz de fazer sozinho. O indivíduo precisa necessariamente experimentar na prática fazer as coisas que lhe são possíveis para aprender sobre suas capacidades.
    COMO REVERTER: Atribua atividades, segure a ansiedade e a necessidade de manter o controle sobre os resultados e deixe situações simples se tornarem fonte de aprendizado e desenvolvimento. Muitos pais e cuidadores pecam nesse sentido por estarem com o tempo apertado ou não conseguirem abrir mão de ter as coisas feitas do jeito que gostam ou fazem. Isso gera sérios danos aos filhos.
  • CONTRIBUI – Ter uma atitude positiva diante dos esforços do indivíduo. “Críticas construtivas”, na maior parte das vezes, diz respeito à necessidade do adulto controlar a situação e atender às suas expectativas pessoais sobre as ações do outro.

UMA PARÁBOLA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA OPINIÃO DO OUTRO
NO SEU AUTOCONCEITO

Autoconceito? Mas não era autoconfiança? Autoconceito, autoconfiança, autoestima e responsabilidade são conceitos separados por razões didáticas, mas são uma coisa só e as ações empreendidas no sentido de prejudicar ou desenvolver uma coisa, afeta todas as outras.

Na parábola a seguir, fica clara a posição frágil e inadequada da opinião alheia sobre realmente quem somos.

 

parábola valor pessoal e autoconfiança.jpg

LEIA AQUI A PARÁBOLA

Portanto, a não ser que seja o seu psicólogo (expert em avaliar o comportamento e a capacidade das pessoas) e ainda sim você deve questionar os posicionamentos do mesmo sobre quem você é e do que é capaz, não aceite opiniões alheias como verdades absolutas. Elas são resultado das vivências pessoais de quem as emite e não um retrato fiel da verdade. Servem para levantar uma reflexão sobre a imagem que a pessoa tem sobre você, SOBRE O IMPACTO QUE SUAS AÇÕES LHE CAUSAM e não para sentenciar quem você é!

Um abraço e até a próxima!

 


Deixe um comentário

31 atividades para se divertir sem gastar dinheiro

Estar em um período de economia ou falta de dinheiro não são motivos para ficar trancado em casa, dormindo ou vendo TV o dia todo, NÃO! Quanto maior a variabilidade de atividades que tragam contentamento, melhor. Se forem experiências relevantes, que trazem bem estar e não picos de excitação, aí o ganho é ainda maior! E, acredite, muitas vezes o dinheiro não compra esse tipo de experiência!

LEIA AQUI: Dinheiro x Felicidade

O site The Secret postou uma lista com 31 coisas que podem ser feitas sem gastar dinheiro. Reproduzo a lista adaptada aqui, com comentários meus também, como sugestão para você preencher seus dias, especialmente os finais de semana, de experiências relevantes que vão aliviar seu estresse e dar uma boa base de auto contentamento para enfrentar o dia a dia.

Vamos lá!

31 atividades para se divertir sem gastar dinheiro

plantando

1. Plantar algumas flores em seu jardim
A atividade requer pesquisa, envolve seus sentidos, vai exigir dedicação por um longo tempo e o resultado de cultivar utra vida e embelezar o ambiente em que você vive é extremamente recompensador.

2. Usar vídeos do YouTube para karaokê
Quem canta seus males espanta! Cantar envolve amplamente seu cérebro, é uma atividade artística muito relevante para causar bem estar, seja sozinho ou acompanhado.

3. Fazer uma maratona de filmes com amigos íntimos
Ou séries. Pode ser presencial ou à distância. Estar em uma atividade comum com os amigos dá a você a oportunidade de se distrair, se divertir e debater ao mesmo tempo.

10-dicas-para-decorar-seu-quarto-gastando-pouco-mudar-os-móveis

4. Reorganizar seus móveis
Tire o foco das problemáticas usuais e busque novos formatos de quartos, salas, cozinhas! Crie novos espaços, experimente novas iluminações e deixe sua casa respirar de um jeito novo!

5. Tirar uma foto todos os dias durante um ano
O resultado final vai te surpreender e inspirar muita gente!

6. Tirar uma soneca na rede ou no tapete perto de uma entrada de sol
Não, isso não foi feito apenas para gatos e crianças! Você vai se sentir revigorado quando acordar.

7. Visitar um museu num dia livre
Considere verificar museus que normalmente nunca visitaria.

falta-de-agua-o-que-fazer-para-economizar-em-casa-7-6-907

8. Lavar seu carro em casa
Com balde, esponja, short jeans – o time completo.

9. Doar cabelo para pacientes com câncer
Se você estiver pronto para cortar pelo menos 10 dedos, considere doá-lo à crianças com câncer! Não há nada mais recompensador do que saber que ajudou alguém que não poderá retribuir sua boa ação – que fará toda a diferença na vida do outro!

chocolate-leitura-filme

10. Terminar um livro em uma única sentada
Quando foi a última vez que você fez isso? No quinto ano? Faça isso de novo! Escolha um daqueles livros fininhos, mas interessantes e dê a largada!

11. Se livrar da desordem
Você vai se sentir muito melhor e poderá descobrir alguns tesouros que vai querer começar a usar novamente. Ou vai descobrir que pode ajudar muita gente doando coisas em bom estado que não usará mais.

12. Faça um passeio de bicicleta
É gratuito, é um bom exercício, e é uma ótima maneira de explorar a sua cidade.

Pintar-unhas

13. Pintar suas unhas
Faça algo bobo e colorido ou adicione alguma arte, se estiver se sentindo criativo.

14. Prepare um pacote de cuidado para os desabrigados
Na próxima vez que você estiver em uma rua e alguém pedir-lhe por comida, você terá algo para lhes dar.

15. Olhar para as estrelas
Você pode encontrar Lyra? Ou Sagitário? Tente encontrá-las em seu próprio país, sem pesquisá-las no Google.

Aprender-a-cozinhar-Uma-das-chaves-para-melhorar-a-nossa-alimentação

16. Cozinhar
É tão gratificante! Explore uma nova receita e chame os amigos ou a família para experimentar e comentar sobre suas habilidades depois!

17. Visitar uma praia ou uma cachoeira local
Qualquer coisa – leitura, comer, descansar – é mais divertido se você fizer ao lado de uma praia ou cachoeira. Se você não morar no litoral ou nunca ouviu falar em cachoeiras na região, vá para o melhor parque que conhece.

cachoeira_das_andorinhas_minasgerais_mmm-8

18. Praticar ioga
Não sabe como? Pesquise no YouTube por aulas ou sequências gratuitas ou procure um livro que ajude. Vai te ajudar a relaxar com resultados prolongados. Além disso, ajuda a manter o foco no aqui e agora, fundamental para reduzir a ansiedade e ficar em equilíbrio consigo mesmo!

19. Fazer uma corrida ao redor do bairro
Explore uma rua pela qual nunca passou. Examine tudo, desde as cores e paisagem.

20. Fazer um passeio
Seus avós fazem isso sempre? É uma ótima maneira de passar uma tarde de domingo! Vá explorar uma pequena cidade ou bairro que não conhece bem.

acampar

21. Acampar em seu quintal
Com barraca, sacos de dormir, lanterna, a coisa toda.

22. Levar o seu animal de estimação para uma caminhada
E só desta vez, deixe-o farejar tudo que quiser durante o tempo que quiser.

23. Tomar um banho demorado com pétalas de rosa ou sais de banho, com uma boa dose de hidratante depois!
Você vai se sentir como uma Cleópatra, e sua pele vai agradecer.

lugares-para-piquenique-em-bh-imagem-destaque

24. Fazer um piquenique usando o que já tem na geladeira
Esqueça a viagem ao mercado para comprar vinho e queijo. E se você fizesse um piquenique de cenouras, salada e macarrão? É muito divertido!

25. Fazer uma lista de suas receitas favoritas e enviá-las para amigos ou família
Eu aposto que sua irmã adoraria a receita de biscoitos da avó ou as batatas assadas ​​da mãe.

100513_como-organizar-suas-fotos-antigas_album-fotografia

26. Rever e organizar fotos antigas
Cada vez que olhar para elas, terá algo diferente ou prazeroso para lembrar.

27. Visitar família ou amigos
Você tem um primo que vive em sua cidade, mas nunca se veem? Convide-o para um jantar social.

chuva

28. Dançar na chuva
Pontos extras se você fizer isso onde seus vizinhos possam vê-lo

29. Criar um novo sabor de sorvete, combinando todos os sabores que tem em seu freezer
E adicione os melhores ingredientes de seu armário: amendoim! fruta seca!

meditacao_11

30. Usar aplicativos de meditação gratuitos
Eles vão fazer você se sentir muito mais calmo e centrado.

31. Faça uma playlist para seus amigos
Sobre o tema “Nossos Tempos de Escola” ou “Músicas Que Você é Demasiado Tímido Para Admitir que Gosta.”
Olhe para quanta diversão você terá! E quase não deixará cair uma moeda de dez centavos! Use o dinheiro que você poupou para investir em algo que fica mais perto de seus objetivos e da vida que deseja.

___
Adaptado da tradução da equipe de O Segredo
Fonte: Mind Body Green